Pais em teletrabalho vão poder optar pela assistência à família

  • Categoria: COVID-19
  • Câmara Municipal de Vagos
  • fevereiro 19, 2021
O Conselho de Ministros aprovou o alargamento o apoio excecional à família no âmbito da suspensão das atividades letivas e não letivas presenciais.Este apoio, que se aplica aos pais com filhos com menos de 12 anos que tenham de faltar ao trabalho para prestar assistência aos filhos nas atuais circunstâncias, passa agora a abranger também os pais que se encontrem a exercer atividade em regime de teletrabalho e optem por interromper a sua atividade para prestar assistência à família, nos seguintes casos:
  • família monoparental, durante o período da guarda do filho ou outro dependente; 
  • agregado familiar que integre, pelo menos, um filho ou outro dependente que frequentem equipamento social de apoio à primeira infância, estabelecimento de ensino pré-escolar ou do primeiro ciclo do ensino básico; 
  • agregado familiar que integre, pelo menos, um dependente com deficiência, com incapacidade comprovada igual ou superior a 60%, independentemente da idade.